Fundação Libertas recebe Prêmio Unidas IDSS 2023

Criado em em: 25 de abril de 2024 / Atualizado em: 25 de abril de 2024 Visualizações: 170

A Fundação Libertas conquistou o Prêmio Unidas IDSS 2023 (ano-base 2022) e recebeu o troféu durante cerimônia realizada em Brasília (DF) no dia 24 de abril. Este reconhecimento anual, concedido pela União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde (Unidas), é reservado às operadoras que alcançam uma pontuação acima de 0.8000 (faixa de excelência), no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar – IDSS sendo 1.0 a pontuação máxima.

A Libertas conquistou uma pontuação de 0,8219, superior à nota média do setor no IDSS geral, que foi de 0,7898 e muito acima da média do porte (pequeno) ao qual a Fundação está incluída, de 0,6442.

O IDSS é parte integrante do Programa de Qualificação de Operadoras (PQO) da ANS e abrange uma variedade de indicadores distribuídos em quatro dimensões: qualidade em atenção à saúde; garantia de acesso; sustentabilidade no mercado; gestão de processos e regulação.

O reconhecimento recebido é reflexo do empenho constante da Fundação em melhoria contínua e cuidado com o beneficiário. Além disso, em comparação aos anos anteriores, a Libertas garantiu a qualificação das informações enviadas para a ANS no monitoramento a Troca de Informação na Saúde Suplementar (TISS), proporcionando assim uma avaliação completa por parte da agência, alcançando notas máximas em duas das quatro dimensões avaliadas: Sustentabilidade no Mercado (IDSM): 1,000 e Gestão de Processos e Regulação (IDGR): 1,000.

O prêmio foi recebido pela Diretora de Seguridade Social da Libertas Claudia Cristina C. de Lima, acompanhada pela Gerente Assistencial Maria Elisa Vianna, pelo Especialista Assistencial Ualison Ferreira, a Gerente Atuarial Juliana Carneiro e o Atuário Sênior Lucas Vinti, em nome da Fundação. A entrega ocorreu durante a 15ª edição do Seminário Unidas, que reuniu uma variedade de instituições afiliadas e não afiliadas, prestadores de serviços e empresas do segmento da saúde suplementar.

“A Fundação tem trabalhado fortemente na qualificação dos dados enviados para ANS no monitoramento TISS de forma a refletir a excelência no cuidado assistencial prestado aos nossos beneficiários. Este prêmio nos incentiva a continuar investindo na Atenção Primária, campanhas de promoção e prevenção. Receber o prêmio ao lado de um seleto grupo de autogestões é um imenso orgulho para Fundação Libertas”, reforçou Maria Elisa.

Para saber mais sobre o desempenho da Fundação Libertas, acesse a página exclusiva:
https://fundacaolibertas.com.br/avaliacao-da-ans-idss/.

Da esquerda para direita: Maria Elisa Vianna, Ualison Ferreira, Claudia Cristina C. de Lima, Juliana Carneiro e Lucas Vinti.